domingo, 28 de novembro de 2010

A informática...

            Também busquei saber saber o que dizia Lévy, autor citado por literaturas indicadas em determinadas interdisciplinas a respeito da informática.
           Entendo que a informática é muito mais do que uma revolução nas formas e métodos de geração, armazenamento, processo e transmissão e troca de informações. “Tudo que for capaz de produzir uma diferença em uma rede será considerado como um ator, e todo o ator definirá a si mesmo pela diferença que produz ”(Lévy, 1999, p.136). O autor refere-se aos dispositivos técnicos, como atores na coletividade, bem como sua contribuição para a formação e estrutura das sociedades, pois a história nos mostra que ferramentas funcionam como dispositivos culturais, e isso poderá ocorrer da mesma forma em relação aos computadores na reorientação do sistema educativo. E podemos perceber que está de fato acontecendo, visto que a própria UFRGS está implantando o EAD.
           No que se refere à aprendizagem, a técnica oportuniza ao aluno construir significações ampliando seu conhecimento, espandindo seus horizontes frente ao mundo de terrenos distantes. A  entrada do computador na escola não é mais uma opção, mas uma realidade que poderá contribuir para formar culturas do conhecimento com coletivos pensantes, incluindo homens, coisas, instituições, sociedade e técnicas de comunicação, reestruturando modos de pensar. Tornando professor e aluno, embora distantes em espaço físico mas próximos pela tecnológica: MSN, email e outros. Dessa maneira, as tecnologias são constitutivas de novos agenciamentos, e a Internet possui usos variados e ilimitados, não apenas como algo material, mas como um conjunto de novas possibilidades, conforme ressalta Lévy:
As técnicas não determinam, elas  condicionam. Abrem um largo leque de novas possibilidades das quais somente um pequeno número é selecionado ou percebido pelos atores sociais. Se as técnicas não fossem elas mesmas condensações da inteligência coletiva humana, poder-se-ia dizer que a técnica propõe e que os homens dispõem. ( Lévy, 1999, p. 101).
REFERÊNCIAS:
LÉVY, Pierre. As tecnologias da inteligência: o futuro do pensamento na era da informática. São Paulo: Editora 34, 1995, e 1999, 3ª ed.

3 comentários:

Anice - Tutora PEAD disse...

Olá, Cristina:

Tua postagem me remeteu a este video que acho bem interessante.

http://www.vimeo.com/16641689

Grande abraço, Anice.

Anice - Tutora PEAD disse...

Cristina:

Parabéns por mais uma etapa vencida!! :D

Grande abraço, Anice.

D. G. Pereira disse...

Parabéns pela vitória!

Um abraço!


www.oquetodosprocuram.blogspot.com